Regresso às aulas

Regresso as aulasÀ medida que as férias se aproximam do fim, os pais começam a pensar no regresso às aulas e a iniciar os preparativos necessários para tal, como a compra dos materiais e manuais escolares, bem como a adequação de horários e rotinas inerentes ao período escolar.

Ao perspetivarem o “regresso às aulas”, os pais começam a preocupar-se com o que vai ser o ano letivo e o percurso escolar ou académico dos seus filhos. Como vai a criança reagir à entrada para o primeiro ciclo, como vai o adolescente adaptar-se à nova escola e ao novo ciclo de estudos, a entrada para a faculdade do filho mais velho e a autonomia ou a falta dela que este revela, etc. etc. etc. Muitas são as preocupações dos pais e não são menos as expetativas que cada um constrói para com os seus. Serem felizes e terem sucesso nas várias dimensões das suas vidas, nomeadamente, a vida escolar e o bom aproveitamento. Sendo o passado um bom preditor do futuro, se a criança é boa aluna, os pais parecem levar esta fase do ano com maior tranquilidade mas se pelo contrário, a criança tem dificuldades escolares ou comportamentais, por exemplo, cresce nos pais uma preocupação que por vezes pode ser muito perturbadora da sua tranquilidade e da harmonia familiar. Continuar a ler

Vou ter teste, e agora!?

Ansiedade de desempenho

A ansiedade desempenha um papel importante no comportamento humano. Em contexto escolar, a ansiedade dos alunos perante a perspetiva de um teste é um fenómeno particularmente difícil. A ansiedade gerada pela avaliação, quer seja formal ou informal é sempre mais ou menos perturbadora.

Ser avaliado corresponde a uma situação complexa que reúne várias dimensões (cognitiva, emocional, fisiológica e comportamental). Em termos teóricos, a ansiedade de desempenho face a um teste pode assumir duas formas distintas: como traço ou como estado. Enquanto traço, a ansiedade corresponde a uma predisposição psicológica para reagir com o mesmo nível de ansiedade (alto ou baixo) a um conjunto indiscriminado de situações. Enquanto estado (ou sobrecarga) a ansiedade acontece em situações esporádicas, como um exame particularmente difícil ou para o qual o aluno não se sente devidamente preparado. Continuar a ler