Crianças: Prevenção da dependência da Internet

Jogos onlinePor mais voltas que se dê, nos dias de hoje a Internet está presente em todos os contextos das nossas vidas, para o bem e para o mal. Se uns de nós temos mais facilidade em controlar a sua utilização e fazê-lo de forma adequada, outros terão tendência a deixar-se levar mais facilmente pela panóplia de temas e actividades a que ela nos dá acesso.

Se muitos adultos sabem dar bom uso à Internet e ao que ela lhes permite, as crianças e os adolescentes têm tendencialmente mais dificuldade em controlar o tempo despendido em actividades online, bem como a seleccionar os conteúdos a que acedem. Se tem filhos ou crianças pequenas a seu cargo, deixo algumas recomendações que poderão ser muito úteis e que se levadas a sério e de forma consistente podem prevenir o flagelo da dependência da Internet, que actualmente tanto preocupa pais, educadores e outros profissionais que lidam diariamente com essa problemática.

Dependência da internet

  1. Estabeleça limites, o tempo de écran não deverá exceder as 2 horas diárias, no máximo. Até aos dois anos de idade, as crianças deverão ser expostas a écrans, o mínimo de tempo possível.
  2. Mantenha os computadores e outros dispositivos electrónicos de comunicação fora do espaço onde a sua criança faz os trabalhos de casa e estuda. Ela precisa de um espaço privado, sossegado e longe de distracções.
  3. Defina as regras da casa como por exemplo, desligar os ecrãs à hora das refeições, enquanto conversam e uma hora antes do  seu filho ir dormir.
  4. Monitorize e restrinja o acesso a dispositivos electrónicos no quarto/cama do seu filho. Garanta que ele dorme o suficiente todas as noites.
  5. Supervisione os conteúdos aos quais a criança tem acesso. Saiba o que ela está a ver, jogar, ou a fazer online. Online a criança pode aprender muitas coisas. Assegure-se de que são temas e actividades adequadas à sua idade.
  6. Verifique o conteúdo e a classificação dos programas de televisão, filmes, jogos, músicas ou sites e ensine a criança a planear o seu tempo de ecrã.
  7. Utilize os filtros de controlo parental.

Crianças na internet

8. Limite a quantidade de conteúdo violento a que a sua criança é inevitavelmente exposta e monitorize o seu comportamento depois de visionar programas, filmes ou jogos assustadores ou violentos.

9. Garanta que os outros cuidadores (ex. irmãos mais velhos, avós…) estão conscientes das regras da casa relativamente ao tempo e aos conteúdos a que a criança deverá ter acesso. Assegure-se de que cumprem essas regras na sua ausência, de forma consistente.

10. Assista a programas de televisão, filmes ou jogue e navegue na Internet com os seus filhos. Fale com eles sobre o que estão a ver e ajude-os a questionar as mensagens e valores que esses conteúdos transmitem.

11. Adequando a sua linguagem à idade da criança, fale com ela e esclareça-a sobre conteúdos de cariz sexual e violento, sobre estereótipos, estratégias de publicidade direccionadas às crianças, assim como às mensagens irrealistas de muitos anúncios e programas. Poderão ser momentos muito úteis de aprendizagem, partilha de ideias e interacção familiar.

12. Seja um modelo a seguir. Limite o seu próprio tempo de ecrã e dê atenção ao que vê quando as crianças estão por perto.

13. Equilibre o seu tempo de ecrã e o da sua criança com actividades física e intelectualmente saudáveis e estimulantes. As actividades ao ar livre (caminhadas, passeios, desporto) e os jogos de tabuleiro ou a leitura são exemplos de boas opções.

Dependência da internetEducar e disciplinar não são tarefas fáceis e envolvem muito esforço, paciência e insistência. A adolescência, período de grandes mudanças e ambivalências por parte dos jovens, representa por vezes um desafio difícil de enfrentar. As regras e limites estabelecidos, mantidos e respeitados desde uma idade precoce, e cujo cumprimento é devidamente reforçado, tendem a manter-se ao longo do desenvolvimento da criança. Estabelecer regras e exigir que sejam respeitadas apenas na adolescência, torna-se mais difícil. A natural irreverência tão característica desta fase da vida irá certamente dificultar o trabalho dos pais, se o estabelecimento de regras e limites constituir uma novidade nas rotinas do jovem e da família.

E se sentir que a tarefa está a ser difícil, conte com a minha ajuda. Marque uma sessão e vamos lá trabalhar em conjunto!

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s