Psicologia do Ambiente: nascimento, propósito e interação social

Comportamento humano e ambienteA Psicologia do Ambiente prende-se com o facto de as questões ambientais serem na verdade questões humano-ambientais e deste modo refletirem não as crises do ambiente mas sim as crises das pessoas inseridas nos ambientes (Corraliza, 1997).

O nascimento da Psicologia do Ambiente teve lugar num período pós-guerra, quando terminada a II Grande Guerra Mundial foi necessário dar-se início ao processo de reconstrução das cidades. Arquitetos e cientistas da área do comportamento humano, uniram-se num processo de consciencialização de que a reconstrução deveria contemplar não apenas princípios de construção estética e funcional mas também deveriam levar em consideração as necessidades psicológicas e comportamentais das populações. Deste modo, a Psicologia do Ambiente foi inicialmente denominada de Psicologia da Arquitetura e só no início da década de 60 do século passado, terá sido considerada como um ramo da Psicologia. Continuar a ler