Natal sem stresses…

Com a aproximação das festas natalícias, algumas pessoas sentem-se invadidas por uma alegria e entusiasmo que contrastam com a tristeza e angustia de muitas outras. Cada um de nós associa ao Natal, emoções tão positivas quanto as nossas memórias e expetativas, o que faz com que este período tipicamente de celebração, se possa transformar para alguns, numa enorme “dor de cabeça”.

De forma a contribuir para a redução do “stresse natalício”, deixo aqui algumas dicas que poderá ter em linha de conta, se o seu humor e os seus pensamentos em relação a esta quadra não forem os mais tranquilos. Comecemos pelos gastos, ou seja, saibamos gerir o nosso orçamento com equilíbrio e moderação, de modo a evitar gastos exagerados que se possam refletir em problemas nos meses seguintes. Presentes simbólicos, acompanhados de gestos carinhosos aos quais associamos emoções positivas, podem dar a quem recebe, uma satisfação maior do que uma prenda cara mas impessoal.

Procure ter expetativas realistas em relação às reuniões familiares. Em famílias onde existem situações de conflito, tente não pensar que o Natal, por si só, as vai resolver. Algumas arestas poderão ter que ser limadas e mal-entendidos esclarecidos, antes de se juntarem para celebrar as festas, de modo a que estas não fiquem marcadas pela zanga, tristeza ou amargura. Ainda que não haja nenhum tipo de questões anteriores, evite assuntos e temas que possam ser polémicos e causar discussão ou desentendimentos, durante as interações familiares e sociais desta época.

Seja assertivo, isto é, permita-se dizer “não” a convites ou celebrações que não lhe agradem e não lhe façam sentido. Agradecer o convite e explicar o motivo pelo qual o faz, ou seja, expor o seu ponto de vista, de forma gentil e respeitosa, será certamente aceite pelos outros e poderá prevenir situações desagradáveis e de incompatibilidade, que possam comprometer o relacionamento familiar ou social. “Agradeço muito o teu convite e tenho a certeza de que vai ser uma festa fantástica, no entanto não o vou poder aceitar, uma vez que este ano prometi ao meu irmão passar a noite de passagem de ano em casa dele”. Alguém se identifica com aquelas pessoas que não conseguem dizer “não” e depois se arrependem “mil vezes” de não o terem feito? A assertividade também se aprende e treina!

Outo problema que por vezes pode ensombrar as celebrações festivas é o álcool. Procure moderar o seu consumo, principalmente se vai conduzir, mas também se já tem experiências anteriores menos agradáveis. Algumas pessoas têm uma maior tolerância ao álcool e reações menos expressivas. Porém, outras pessoas, facilmente perdem o controlo, tornando-se desadequadas e ficando fortemente indispostas. Cabe a cada um de nós monitorizar os seus limites, de forma a que consumos exagerados não sejam um motivo para estragar a festa.

Acreditando que o passado é o melhor preditor do futuro, procure refletir acerca do que correu menos bem nos Natais anteriores. Desta forma poderá fazer algumas alterações práticas para resolver incómodos anteriores e evitar repeti-los. Do mesmo modo, pense no que correu bem, em algo de que todos gostaram e repita-o. Faça disso a sua tradição pessoal. Procure também gerir o seu tempo de modo a que não tenha stresses de ultima hora. Pode sempre haver um imprevisto, uma alteração no último momento, algo que se tem que improvisar, contudo, se programar as suas tarefas com tempo e organização, o seu Natal vai ser seguramente mais tranquilo e feliz. Delegue tarefas, aproveite a ajuda das crianças para atividades de menor responsabilidade e risco, e, sobretudo não seja demasiado exigente consigo mesmo.

Descomplique! A sua festa não tem que ser irrepreensível mas sim memorável, pois são muitas vezes os pequenos detalhes que promovem a construção das memórias mais agradáveis e duradouras.

Festas Felizes!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s