Prevenção do bullying

Ensinar às crianças a lidar com o bullying é importante para toda a vida e pode mudar o seu futuro, uma vez que potencia uma vida mais tranquila, segura e feliz. A autoestima, o respeito mútuo, as necessidades sociais e os direitos fundamentais estão na base do desenvolvimento de ferramentas promotoras da compaixão e do reconhecimento.

O bullying é um fenómeno complexo uma vez que integra em si uma variedade de “motivos” que vão desde a aparência, o modo de vestir, as características físicas ou de personalidade, hábitos, modos de estar, enfim, uma diversidade de razões pelas quais o agressores agem contra as vítimas. É importante salientar que no bullying podemos encontrar agressores, vítimas e testemunhas, sendo que todas elas precisam de ajuda. Os pais são elementos fundamentais nos processos de bullying uma vez que devem estar atentos aos seus filhos de modo a poderem ajuda-los, reconhecendo a situação e não permitir que o seu filho continue a ser vítima de abuso, mas também monitorizando-se para que não sejam eles próprios promotores de comportamentos de bullying por parte dos seus filhos.

O primeiro passo para ajudarmos as nossas crianças, vítimas ou agressoras, é o desenvolvimento da autoestima. Esta é uma competência que se desenvolve envolvendo a criança em atividades que sejam do seu agrado, de preferência em grupo para que haja partilha, elogiando o seu desempenho e reconhecendo as suas capacidades de forma a transmitir-lhe segurança, aceitação e amor-próprio. As atividades desportivas ou artísticas podem ajudar a aumentar a autoconfiança e consequentemente a dar mais segurança à criança e uma melhor imagem de si.

O segundo passo tem a ver com respeito, e tanto vítimas como agressores podem ter dificuldades a este nível. Os primeiros por insegurança e os segundos porque muitas vezes em casa são” invisíveis”, isto é não são respeitados, sendo-lhes imposta uma força que transportam para a relação entre pares, como sendo a única forma de se evidenciarem e adquirirem importância social. Assim, o respeito mútuo deverá ser fomentado através do entendimento da realidade sob diferentes perspetivas e sem julgamentos. Pode não ser tarefa fácil ensinar às crianças o respeito mútuo, principalmente se os próprios pais tiverem dificuldades em aceitar algumas diferenças, no entanto, é fundamental que se faça um esforço nesse sentido, praticando a empatia e a compaixão.

O terceiro passo para ajudar a lidar com o bullying tem a ver com as necessidades sociais. As crianças, nas suas relações sociais, desde cedo têm tendência, ou são encorajadas, a dar prioridade ao espírito de competição e ao sucesso individual. No entanto, muitas vezes, as crianças criam um ambiente de rivalidade e de competição que leva à agressão, ao contrário do que é pretendido e ideal para o seu crescimento, um ambiente feliz e de cooperação. Há que ficar atento a estes fenómenos e uma vez mais promover a integração social da criança no seu grupo, uma vez que as interações com os pares se constituem como fundamentais para o seu desenvolvimento.

Por fim mas não menos importante, é ter em linha de conta os direitos fundamentais da criança. Considerando que a criança, pela sua imaturidade física e intelectual, tem necessidade de uma proteção e cuidados especiais, tais como uma educação, que lhe promova a sua cultura e lhe permita, em condições de igualdade de oportunidades, desenvolver as suas aptidões mentais, o seu sentido de responsabilidade moral e social e tornar-se um membro útil à sociedade. Cabe aos pais, em primeira análise, a responsabilidade da sua educação e orientação. A criança deve ter plena oportunidade para brincar e para se dedicar a atividades recreativas, que devem ser orientados para os mesmos objetivos da educação. Tendo em conta os referidos direitos, a criança deve ser educada num espírito de compreensão, tolerância, amizade, paz e fraternidade universal, e com plena consciência de que deve orientar as suas energias e aptidões ao serviço dos seus semelhantes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s